fbpx

O algoritmo do Instagram costuma sofrer mudanças para otimizar a experiência dos seus usuários. Em 2016, por exemplo, tivemos alterações drásticas que afetaram bastante a forma como utilizamos essa rede social.

E, nesse artigo, vamos falar sobre como a plataforma funciona, quais fatores ela leva em consideração para direcionar seus conteúdos para mais pessoas e 5 dicas para otimizá-la!

Aliás, nós fizemos um vídeo que resume esse texto. Caso você queira ver, é só conferir aqui embaixo:

Algoritmo do Instagram: a explicação DEFINITIVA

O algoritmo do Instagram antes e depois de 2016

Quem já está há muito tempo imerso na rede social sabe que lá atrás o algoritmo do Instagram organizava o feed dos usuários em ordem cronológica. Logo, o que fosse postado agora receberia prioridade em relação aquilo que fora postado anteriormente.

Exemplificando, se o perfil no Instagram da M2up postasse algo hoje às 12h e outra coisa às 10h, o conteúdo mais recente (ou seja, o de 12h) apareceria primeiro no feed dos seguidores. E a mesma lógica ocorreria se compararmos com outros perfis. Logo, alguém que postasse às 12:01 apareceria antes da M2up.

No entanto, depois de 2016, a rede social começou a priorizar a experiência do usuário (UX). Sendo assim, a cronologia ainda seria importante, mas agora existem uma série de outros fatores que o algoritmo do Instagram julga serem mais relevantes para ordenar os conteúdos.

Dessa maneira, você ainda pode imaginar que o feed de um usuário certamente será muito diferente de outro. Isso porque o que é interessante para um, não é interessante para outro. Então, a partir de 2016 a rede social começa a entender isso e passa a direcionar conteúdos variados para cada usuário, mesmo que ambos sigam as mesmas páginas!

Mas qual é o objetivo disso? Simples: maximizar o tempo de uso da plataforma. Afinal, quanto mais tempo as pessoas ficam no Instagram, mais a rede consegue mostrar anúncios. Logo, quanto mais anúncios, mais lucrativo torna-se o Instagram. Sim, são negócios e isso é normal.

O que é um post valorizado pelo algoritmo do Instagram?

Ok, agora você já sabe que deve focar na experiência do usuário para ser levado a sério pelo algoritmo do Instagram. Existe uma receita pronta para isso? Infelizmente não. 🙁

Mas isso não quer dizer que não há nada que você possa fazer…

Existem três princípios que a rede social considera MUITO importante nos conteúdos: relacionamento, interesse e temporalidade. Vamos ver um pouco mais sobre cada um deles.

Relacionamento

Pode ter certeza, o Instagram analisa constantemente o seu comportamento na plataforma. Ele verifica, por exemplo, com quais pessoas e perfis você mais interage, menciona e envia DMs (alô, crush!), aonde você deposita suas curtidas e comentários e por aí vai.

A partir daí, a mágica acontece: o algoritmo do Instagram identifica quais são os perfis mais próximos de você!

(Pode parecer meio Black Mirror, mas na verdade isso é muito comum em qualquer rede social. Então não surta! Isso é o novo normal.)

A imagem apresenta a personagem Lacie Pound, de Black Mirror, olhando para uma tela de celular.

Para exemplificar, imagine que você sempre interage com os posts da M2up e costuma interagir com alguma outra pessoa específica. Tendo esses dados captados, o Instagram entende que você gosta da M2up e daquela pessoa. Logo, sempre mostrará novos conteúdos desses dois perfis para você. O Instagram entende que, fazendo isso, vai melhorar a sua experiência com o aplicativo e, portanto, maximizar o tempo que você usa a rede social.

Interesse

Como toda boa rede social (e ainda mais aquelas do nosso querido Mark Zuckerberg), o Instagram dispõe de muitas tecnologias avançadas. Sendo assim, pasme: ele consegue entender se uma determinada imagem representa um cachorro, comida, texto, etc!

Agora vamos ligar os pontos: se você costuma interagir com muitos vídeos de gatinhos fazendo coisas engraçadas, o algoritmo do Instagram entenderá isso e direcionará mais conteúdos de gatos fofinhos. Afinal, para ele, aquele conteúdo é interessante ao seu perfil.

Para ilustrar ainda mais, vou contar uma história pessoal: no Instagram eu descobri que gosto de tubarões! Bem, na realidade não é bem assim. Eu tenho pavor de tubarões, mas eu adoro ver fotos desses bichos.

Na imagem há um nadador mergulhando com um tubarão branco.

Então, à medida que eu interagia cada vez mais com esse tipo de conteúdo, a rede social entendeu que eu fazia parte do perfil de pessoas que gosta de tubarões e começou a priorizar, no meu feed, conteúdos que apresentassem esses seres marinhos (ou coisas próximas a isso).

É óbvio que eu também recebo outras coisas, como conteúdos relativos a marketing, empreendedorismo, fotos e vídeos de pessoas próximas a mim. Eu não sou tão estranho assim. Porém, o algoritmo do Instagram captou esse meu INTERESSE peculiar e passou a usar isso para maximizar meu tempo na plataforma.

Por fim, vale ressaltar que ele também analisará ações ativas e passivas para determinar o seu perfil. No âmbito ativo, podemos ressaltar suas interações com o post: curtidas, comentários, compartilhamentos, salvamento de post e por aí vai. No âmbito passivo, o tempo que você fica vendo a foto, lendo a legenda e a visualização geral de um vídeo também são levados em consideração.

Temporalidade

Achou que a ordem cronológica acabou de vez? Achou errado! Mesmo depois de 2016, o peso da temporalidade ainda continua, pois os posts recentes têm bastante relevância. Mas claro: todos os outros fatores pesam bastante e são analisados em conjunto pelo algoritmo do Instagram.

Atualmente, a rede social verifica todas essas opções e se algo postado agora estiver performando de uma maneira similar a posts mais antigos, o fator temporal prevalecerá e o post mais recente será priorizado.

No entanto, se um post mais antigo estiver melhor (proporcionando uma experiência superior) do que um post mais recente, o post mais antigo poderá ser priorizado e ir à frente no feed.

5 dicas para otimizar o seu Instagram

Poderíamos dizer o mesmo que já sabemos desde sempre: conteúdo é rei. No entanto, temos mais 5 dicas que podem ser o “fator WOW” para o algoritmo do Instagram e, claro, para o seu público!

1. Faça o conteúdo ser o mais incrível POSSÍVEL

Destaco aqui a palavra “possível”. Antes de tudo, lembre-se que feito é melhor que perfeito. Portanto, analise seus recursos: se você tiver um bom designer, um bom editor de vídeo e um bom olhar em frente à câmera, perfeito! Utilize tudo ao seu favor.

Mas não se apavore caso só tenha uma dessas qualidades. Aproveite o que você tem de melhor e crie conteúdos incríveis. Lembre-se: você pode engajar o seu público com uma ótima qualidade de vídeo ou com um roteiro bem definido. O importante é criar um valor único naquilo que você pretende comunicar/postar!

2. Poste bastante, mas não prejudique a qualidade do conteúdo!

Matemática pura: quanto mais posts, mais você se relacionará com o seu público. No entanto, não adianta publicar algo que não engaje. Logo, publique aquilo que seja relevante, desde que você consiga manter a qualidade.

3. Se possível, seja pessoal.

É claro que alguns negócios são mais formais e você não pode pegar o seu celular e simplesmente começar a falar um monte de coisa para a câmera, sem ter um devido planejamento.

Contudo, em outros negócios isso é possível sim!

E, no Instagram, ser espontâneo e ser pessoal é extremamente importante! Lembre-se que humanos gostam de ver humanos, então é legal mostrar o seu time, quem está por trás da sua marca, seus métodos, sua rotina e também os bastidores do seu negócio.

4. Poste nos horários que o seu público está presente.

Quem trabalha com um perfil empresarial consegue ver as informações/estatísticas da conta. Sendo assim, uma ótima ideia é visualizar os dias e horários que o seu público está mais presente nas redes sociais.

A imagem mostra um printscreen da tela do perfil business da M2up no Instagram. Há uma seta apontando para a seção "Informações".
Menu de informações de perfis business no Instagram.
Na esquerda, a seção público (melhores horários) e, na direita, a seção público (melhores dias).
Informações de melhores horários (esquerda) e melhores dias (direita) para postar.

Afinal, o algoritmo do Instagram valoriza conteúdos que recebem engajamento nos primeiros minutos de postagem. E, novamente, matemática pura: as chances de ganhar notoriedade é muito maior se você publicar nos horários de pico do seu público-alvo.

5. Entenda o que funciona melhor para o seu mercado.

Dentro de perfis Instagram Business, em estatísticas, há a aba de conteúdo. Nela, você vai poder ver tudo que foi publicado no seu perfil em um determinado período. Nessa seção, será possível visualizar estatísticas que mostram quais formatos, tópicos e tipos de conteúdos obtiveram mais engajamento.

Na esquerda, a imagem da aba informações/conteúdo do Instagram business e, na direita, uma lista com os top posts do perfil business da M2up.
Aba de conteúdo (esquerda) e lista com os conteúdos mais engajantes no período de um ano (direita).

Os top posts dessa lista vão ser os conteúdos que funcionam melhor para o seu mercado, seus seguidores e o SEU PERFIL. Portanto, esses posts servirão de inspiração para novas publicações, editorias e modelos para sua estratégia de conteúdo no Instagram.

Com certeza, fazendo essa análise, você vai conseguir criar posts que engajam mais e, portanto, mais valorizados pelo algoritmo do Instagram!

Algoritmo do Instagram: ✅

E aí, agora você se sente pronto para alavancar sua estratégia de Instagram Marketing? Todas essas dicas não apenas deixam o seu conteúdo riquíssimo, como também fazem o algoritmo do Instagram te enxergar de outra forma.

Caso queira otimizar ainda mais o seu Instagram, não deixe de conhecer o nosso curso completo sobre Instagram Marketing. Te garanto que vale a pena o clique!

No mais, se você gostou desse post, não esqueça de deixar o seu comentário logo abaixo. Vamos adorar ter a sua participação por aqui. Abração e até a próxima!

Título "Curso completo de Instagram Marketing". Ao lado, o ícone do Instagram. Abaixo, um botão "Saiba Mais"Powered by Rock Convert
Erick Kosmalski Scudero

Erick Kosmalski Scudero

Prazer, eu sou o Erick. Aparentemente aqui eu tenho que escrever um pouco sobre mim. Então, vamos lá! Eu sou apaixonado por marketing, comunicação, empreendedorismo e tecnologia. Sim, sou workaholic assumido e viciado em café, mas no fundo eu sou uma boa pessoa. Também sou cofundador da M2up, consultor de Marketing e instrutor na TargetTrust. Acho que tudo isso já diz muito sobre mim, mas se você quiser saber mais, é só me seguir nas minhas redes sociais.

2 Comentários

Deixe seu comentário :)